terça-feira, 28 de maio de 2013

CRISTO COBRE O ROSTO NA RJ!

CRISTO COBRE O ROSTO NA RJ!
 
 


 

Descrição da imagem para deficientes visuais: Close do rosto do Cristo Redentor com a mão direita espalmada na testa, cobrindo, ligeiramente, o olho direito. 

 

                    O Cristo Redentor cobriu seu rosto com suas mãos! Fechou seus braços que abençoavam a RJ; acredite se quiser!

 

                    Nossos cérebros lembram teias de aranha. Pobres turistas e moradores! A conjuntura imposta por um Decreto do Sr. Prefeito na RJ desde o dia 20/5/2013, pegou a todos de surpresa. Será que o palácio sobrevive sem a praça? Poxa, poderia a Equipe do Sr. Gestor ter conscientizado o Povo (bobos da corte) para a nova realidade.

 

                    O que era no dia 20/5/2013, após às 12 badaladas transformou-se num emaranhado. Não fosse trágico, seria até engraçado. Imagine o turista na descrição abaixo:

 

                    - Bom-dia senhor; onde compro ingressos para o próximo trem? A bilheteria não era ali?

 

                    - Era; mas fechou hoje.

 

                    - Poxa, mas o hotel nem para avisar! E agora, como devo fazer? Estou com um grupo a espera das entradas!

 

                    - Sabe que não sabemos. Está a maior confusão!

 

                    Fato é que, por "n" razões, as regras do jogo foram modificadas sem que a população fosse preparada. Tremendo desrespeito! Agora os que quiserem ir de trem ou de automóvel ao Cristo terão que comprar ingressos pelo site: www.corcovado.com.br, com antecedência mínima de 1h30. Outra opção é pegar as vans, com ponto no Largo do Machado, que dão acesso ao monumento.

 

                    No momento quem quiser adquirir bilhetes presencialmente terá de fazê-lo na única unidade que presta esse serviço, na Rua da Candelária. Dizem, ainda, que em futuro perto as casas lotéricas também prestarão esse trabalho.

 

                    Sem dúvida uma boa gestão deveria ser uma engrenagem/organização. A impressão que temos é a de que as rodas quebraram e que cada Secretaria puxa o carro para o lado que acha ser o certo. Automóvel desgovernado descendo ladeiraaaaaaaaaaaa ...Socorro!

 

                    Panorama patético. Inexistem campanhas informativas de quaisquer naturezas para coisa alguma. Nem mesmo a hotelaria foi comunicada para os necessários repasses. Claro está, por mais esse mau exemplo, que os governantes não têm noção que erram, pelo que nem cogitam em restaurar o respeito a dignidade dos humanos brasileiros ou estrangeiros.

 

                    Os amigos podem estar imaginando que, por não residirem na RJ, o assunto não lhes interessa, né? Ledo engano! O gestor apenas tem outro endereço, perceberam!?

 

                    A paisagem da Cidade Maravilhosa é sombria. A âncora é a prática da ACESSIBILIDADE ATITUDINAL. Sinceramente o pior cego é o que não quer ver! Viram como temos que desvincular o verbete acessibilidade da pessoa com deficiência?

 

                    Fecho essa crônica com um pensamento do renomado psicanalista Augusto Cury:

 

                    "Todos fecham seus olhos quando morrem, mas nem todos enxergam quando estão vivos".

 

Carinhosamente.

 

DEBORAH PRATES


4 comentários:

  1. Prezada amiga Deborah Prates, é vergonhoso ficarmos a mercê das autoridades no nosso querido Rio de Janeiro,Infelizmente alguns brasileiros vêem o País dividido e não por um todo, em quanto isso o Governo vai pondo dificuldade para conhecermos o nosso País e desvalorizá-lo perante os outros, sem patriotismo, sem memória sem um pingo de amor ao lindo Brasil, assim nos como povo Brasileiro somos mais fácil de ser manipulados, essa questão da venda de ingressos pela internet é de uma insanidade de tamanha vergonha, pois além da falta de informação em relação a essa determinação existe a falta de interesse para que haja essa visitação, pois nem toda a população tem acesso a internet.
    Um forte abraço.
    Atenciosamente.
    Joaquim Luiz de Jesus Moreira
    O Tortinho do Rio de Janeiro

    ResponderExcluir
  2. grata pelo retorno querido amigo joaquim. concordo com as suas palavras. Carinhosamente Deborah Prates

    ResponderExcluir
  3. Amiga e Guerreira Débora. Essa é uma realidade. Vivemos a Cultura do Egoísmo, da Violência. Vivemos crises de valores , de gestão e a depredação do Planeta pelo Crack que é um problema de Segurança Planetária. Nessa realidade todos perdem e ainda os governos desvalorizando os funcionários públicos de carreira e se transformando cabides de emprego em troca de votos. Esse é resultado que conseguimos. A falta de educação é uma estratégia de dominação combinada com as bolsas em troca de favores. O nível político é muito baixo. A Justiça está em julgamento. A Sociedade Civil fica perplexa quando percebe que pessoas roubam e viram celebridades. Tudo isso tem limites, a história mostra isso. A Esperança de Transformação social para melhor tem em pessoas como você, como exemplos, de fazer a sua parte. Trabalhamos na Rede A.G.U.I.A. para que cada um trabalhe a faça a sua parte em seus espaços de influência. Seja AGUIA

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Querido amigo, rata por suas incentivadoras palavras. Concordo com vc. Toda via, também acredito que poderíamos ser mais atuantes no exercício da democracia e da cidadania. Os gestores são eleitos por todos nós, de modo que é imprescindível que estejamos mais alertas nos outubros eleitorais. Você é ótimo! Carinhosamente Deborah Prates

      Excluir